19 de outubro de 2010

A Marca de um Sahaja Yogi

"O sinal de um Sahaja Yogi é respeitar o Amor e a Verdade. Quando uma pessoa ama, ela vai ficando pura aos poucos. Todos os apegos, ganância, etc. são destruídos. Uma pessoa tem apegos porque não há amor altruísta nela. Ela fica orgulhosa porque pensa, “Eu me tornei um grande homem.” Uma pessoa que pensa assim é louca. Mas quando ela ama, ela nunca pensa que é maior que outra. Com amor a pessoa começa a conhecer cada um muito sutilmente. Ela sabe seus desejos, o que fará os outros felizes. Quando o Amor Divino começa a fluir através de você, então você começa a conhecer e a sentir que conhece todas as pessoas há milhares de anos. Quando você obtém aquele amor em seu Atma e fica satisfeito, somente então isso pode acontecer com você. Toda a satisfação está naquele amor. Os seres humanos dão as piores coisas como presentes e ficam com as melhores para eles mesmos, a mais barata para os outros e o melhor para eles mesmos. Mas quando um Sahaja Yogi está arraigado em sua posição, ele então se torna um rei e para de fazer manha e chorar por coisas menores. Ele fica embebido na alegria e no amor do Espírito".

"Esse amor dá alegria. Ele vai escoando para todas as direções. Então não resta nada com que se entristecer. Nós ficamos totalmente convencidos de que Deus nos ama e que nós somos Suas crianças mais velhas. Então não há preocupações ou problemas. Tudo está apenas acontecendo, sendo feito e você ficará encantado com a maneira como isso aconteceu. ‘Eu nunca nem mesmo pedi a Deus, nunca sequer desejei em meu coração e Deus me deu.’ Depois disso, você entenderá que, ‘Eu precisava disso naquele momento, mas isso não havia entrado na minha mente.’ Isso entrou na mente de Deus. Como Ele sabe de tais coisas sutis? Cada partícula de Seu amor torna-se vibrações e espalha-se para todo lado. Ele sabe tudo, entende e age de acordo com o amor de Deus. A natureza que tudo permeia é também Seu amor. Nós chamamos isso de Ritambara Pragya, isto é, ‘Shakti (o poder) pela qual as estações mudam’. Pragya significa – “Pra” significa iluminado, consciente; “Gna” significa conhecimento. Todas essas flores bonitas de diferentes cores, cenários, nuvens no céu mudando a cada momento, e cada dia em que nós vemos uma cena mais bonita do que a outra, é Ritambara Pragya".

"Isso é Param Chaitanya. Qual é o poder que muda as estações? Algumas vezes o céu está cheio de nuvens; algumas vezes o calor vem e às vezes uma pintura tão bonita é feita nos céus. Em seguida, algumas vezes todas as folhas caem. Se as folhas não caírem, então como a Terra obterá nitrogênio? É por isso que as folhas precisam cair e os raios de sol precisam atingir a Terra. A natureza está entregue a todas as coisas. Mesmo os animais vivem de uma forma ordenada na selva. Onde um leão está sentado, nem mesmo um pássaro faz barulho. O leão também não come um animal por dia. Apenas uma vez a cada quinze dias ou a cada mês ele mata um animal. Assim, de uma maneira apropriada ele comerá primeiro, seguido por seus filhos e os outros animais um por um. Por fim os corvos e os urubus. Toda a criação está sob o controle de Deus. Isso é porque Ela é chamada de Pashu ou "cativo". Ela está movendo-se confortavelmente, mas não tem conhecimento porque está sob sujeição. Mas os seres humanos têm toda a liberdade".

"A liberdade foi dada porque vocês obterão a Liberdade Mais Alta e vocês devem saber disso.”

“Mas em seguida você perde aquela liberdade do mesmo modo que a Criação a perdeu. Você se sujeita ao controle de Deus em total consciência de que é o controle Dele. Você obtém a experiência e o conforto da alegria como uma criança que se esconde sob o véu de sua mãe. Depois do conhecimento vem a entrega. Tal entrega leva-o para aquele estado que é cheio de amor. Kashish, a "vontade" ou "puxar", é também o que leva a atar esse amor. Nessa vontade, uma pessoa experimenta o amor ainda mais. Como quando você sente dor em algum lugar e se alguém acaricia aquela parte, você fica aliviado. Nós lembramos desse alívio mais quando alguém simplesmente acaricia dessa forma. O desejo faz a pessoa ir muito fundo. É por isso que aqueles que lembraram de Deus, tiveram devoção e desejo por Ele, continuaram tentando encontrá-Lo. Você pode seguir qualquer caminho, cometer qualquer pecado, isso não importa, porque Ele é o oceano de amor. Ele definitivamente dará a você um lugar em Seu coração; Ele o trará para perto de Si, porque Ele também respeita o amor. Na Sahaja Yoga, primeiro de tudo, aprenda a amar os outros. Se alguém reclama dos outros Eu sinto uma grande dor. Mas se alguém agrada outro Sahaja Yogi Eu Me sinto muito cheia de alegria. Ninguém deve ver as falhas dos outros. Ao ver as boas qualidades dos outros as suas próprias boas qualidades aumentarão. Tão logo nós vemos as falhas dos outros, essas falhas entram em nós. Quando alguém reclama para Mim sobre um pessoa Eu digo que ele estava a elogiando muito".

“Na próxima vez Eu os vejo abraçando-se uns aos outros.” Assim encha-se de amor e compreensão. Sinta amor em sua visão, em sua vida. É uma coisa muito poderosa amar alguém. Esse poder vem de dentro. Você não pode entender as bênçãos e os poderes doadores da alegria desse amor. Se você faz alguma coisa com amor para alguém, então se esqueça disso. Se você lembrar, então você pode ter problemas. Regozije a alegria de amar mas sem qualquer propósito. Ame apenas pelo amor. Isso é o amor divino. O que Eu disse hoje sobre Amor é abençoado.”

“Dê esse amor para os outros com tal coração pelo qual o mundo inteiro poderá saber que os Sahaja Yogis são Prem Yogis.”

"Prem" significa Amor em sânscrito, hindi e outras línguas.

Todos os trechos acima foram retirados da sinopse do Programa Público em Noida com S.S. Shri Mataji Nirmala Devi em 04 de março de 1991.