23 de outubro de 2011

O Coco, o Dharma e as Vibrações


Absorve as Vibrações:
Se vocês observarem um coco, ele é algo semelhante ao nosso Sahasrara e é muito auspicioso, porque ele pode absorver vibrações, como se ele tivesse obtido sua realização. Assim como vocês podem absorver Minhas vibrações, essa fruta pode também absorver Minhas vibrações, na máxima capacidade.
(S.S.Shri Mataji Nirmala Devi, Palestra aos Sahaja yogis, Alibag, India, 13/12/87)

Essa fruta do coqueiro é chamada como shreephal*, porque ela é o Sahasrara e é muito surpreendente como essa fruta conhece e entende. Ela não cairá em nenhum animal ou pessoa. Se vocês estiverem dormindo lá, ela nunca cairá sobre vocês. Ninguém nunca foi ferido por essa fruta. Ela é tão sensível, mais do que os seres humanos.
(S.S.Shri Mataji, Shri Lakshmi Puja, Alibag, 29/12/91)

*Shree ou Shri: a Deusa - Phal ou Phala (fala): fruto, fruta.

Mais Vibrações colocado para cima:


No coração central reside o espírito, que ainda não está fluindo em nossas consciências, em nosso sistema nervoso central. Ele reside ali. A alegria em si mesma. Não sei se vocês já viram um fósforo que é retirado da água e como ele simplesmente acende. Isso é como estar dentro da maya, da ilusão - aquela centelha está assentada lá e quando a Kundalini sobe e toca essa centelha, ela começa a emitir sua alegria, sua auspiciosidade. A menos e até que vocês tenham isso (esse despertar) dentro de vocês, não poderão sentir a auspiciosidade nos outros.


Pegue um coco, por exemplo, coloque-o ao contrário, vocês não sentirão as vibrações. Se vocês colocarem desta forma, o coco para cima, vocês terão mais vibrações. Existem certos cocos que dão muito boas vibrações, outros dão vibrações muito ruins. E, vocês sabem, os seres humanos também tem "cocos" (cabeças). Alguns desses "cocos" dão vibrações tão lindas e outros não. Alguns deles estão cansados. Outros não são nada mais que um balão do Sr.Ego ou outros não têm nada exceto o superego (condicionamentos) em si. Então, deve-se fazer do coco (algo) auspicioso.
(S.S.Shri Mataji, Discurso sobre Auspiciosidade, Caxton Hall, London, 21/7/80)

Shri Mataji recomenda óleo de coco para os cabelos:
O (óleo de) coco é o melhor para o cabelo. Ele vai tornar seu cabelo grosso. (S.S.Shri Mataji, Ashram de Viena, 9/6/88)

É melhor usar um bom óleo de coco, esfregar em suas cabeças adequadamente à noite e pela manhã. ... Então, antes que vocês comecem a ficar carecas, é melhor tentar colocar um pouco de óleo em suas cabeças. Isso é algo muito importante que os Sahaja Yogis devem fazer. Vocês podem vibrar o óleo se quiserem e Eu acho que óleo de oliva é bom, mas melhor do que ele, Eu descobri, é o óleo de coco. Ele é o melhor para o crescimento do cabelo. Mas, algumas vezes vocês podem colocar óleo de amêndoa. Isso também é bom, óleo de amêndoa, porque se vocês têm algum problema, se sentem exaustos ou seus nervos necessitam de atenção, vocês são do tipo de pessoa nervosa, então o óleo de amêndoa é bom para vocês.
(S.S.Shri Mataji, Conselhos para os yogis, Itália, 4/5/95)

Texto original
 
Esta é a árvore de Shriphala. Nariyal é chamada de Shriphala. O coco é chamado de Shriphala. Shriphala, que é o coco - quer vocês jamais tenham  pensado sobre isso ou não, Eu não sei. Mas é realmente uma coisa sobre a qual devemos pensar - "Por quê ele é chamado de Shriphala?"


Dharma:
Ele cresce ao longo da costa do mar e em nenhum outro lugar. O melhor fruto cresce na costa do mar. A razão é que o oceano é o 'Dharma'. Seja onde  houver dharma, somente lá, o Shriphala floresce. Onde não há dharma, ele não crescerá lá.
 

Sal :
Mas todas as coisas estão contidas no oceano. Todo tipo de limpeza, sujeira; tudo está dentro dele. Essa água é também cheia de sal. Tem sal nela. Cristo disse que 'Vocês são o sal da terra'. Significa que vocês podem penetrar em tudo.Vocês podem dar sabor a tudo.'São o sal' - sem o sal o homem não pode viver.

A prana-shakti (força vital) que nós ingerimos, se não tivermos sal dentro de nós, então mesmo a prana-shakti não poderá funcionar. É um catalisador. E esse sal  organiza completamente
o viver para nós , viver nesse mundo, viver na prapancha (mundo ilusório). Sem sal, o homem seria inútil.

Mas quando ele sobe em direção a Deus (Paramatma), então ele deixa todo o sal embaixo - tudo é deixado. E quando a luz do sol cai nessas árvores, e com o cair da luz do sol, como a seiva de suas folhas e a seiva da árvore inteira são sugadas para cima, pois a evaporação se inicia ; então essa água flui para cima através do tronco; deixando tudo, ele cruza aquelas quatorze coisas e ao alcançar o topo, Shriphala é formado.
 

Essencial para a Devi :
Vocês são os mesmos Shriphala. E é essencial oferecer Shriphala para a Devi. Sem oferecer o Shriphala, o puja não é considerado 'Sampanna' (cumprido). O Shriphala também é constituido de uma maneira estranha. Não há 'phala' (fruto) no mundo como ele. Nenhuma parte dele é desperdiçada. Toda e qualquer parte dele é usada. Desde as suas folhas até ... tudo é usado. E do próprio Shriphala -  tudo é utilizado.
 

Sahasrara :
Vocês podem ver que o Shriphala é também como o Sahasrara do ser humano. Como os cabelos que temos, da mesma forma Shriphala também tem cabelos. 'Isso (Sahasrara) é o Shriphala. Ele tem cabelos por fora para proteção. A proteção da morte é proporcionada
pelos cabelos para nós . Portanto ao cabelo foi dado um grande respeito; os cabelos são grandiosos e são coisas muito poderosas,porque eles os protegem. Vocês são protegidos por eles. E dentro destes - assim como nós temos os ossos do crânio - que vocês vêem também, que dentro do Shriphala há um tipo de cobertura dura no lado de fora, como essa. Então dentro de nós - matéria cinzenta e matéria branca - tais coisas estão dentro de nós. No Shriphala também, vejam - matéria branca e matéria cinzenta,...e dentro está a água, a qual é o fluido cérebro espinhal em nós. Dentro dele também há água - esta é a área límbica.
 

Fruto da Evolução :
Assim esse próprio Shriphala sakshat é, para elas (árvores) o fruto, então para nós, isso é o fruto. Nosso cérebro é o fruto de nossa evolução inteira. Qualquer que tenha sido nossa evolução até hoje - desde a ameba, hoje nós nos tornamos humanos - nós obtivemos tudo isso como o resultado desse cérebro. A partir do cérebro, tudo isso ...seja o que for que obtivemos - é através desse cérebro. Dentro disso estão todos os tipos de poderes; todos os tipos. Dentro disso está recolhida toda a riqueza recebida por nós.


Conselhos de Shri Mataji em Gorai Creek, Mumbai, 5 de maio de 1983, Dia do MahaSahasrara