12 de setembro de 2009

As Limitações da Acupuntura



A acupuntura, na realidade, toca no poder que já está dentro de nós. Por exemplo, vocês têm uma certa energia em seu estômago. Esta energia é continuamente fornecida para seus outros órgãos no estômago. Ela é usada para isto, através do sistema nervoso simpático: o sistema parassimpático a armazena e o simpático a utiliza.

Energia de um centro para outro:
Agora suponhamos que haja uma doença no estômago. Então, a energia naquele princípio vital, particularmente neste centro, está de alguma maneira exaurida ou diminuída. Então, o que eles fazem? Como fazem esta pessoa melhorar? Eles tiram (essa energia) de um outro centro, a desviam e a colocam lá, e desta maneira eles tentam curar aquilo. Mas assim eles criam um desequilíbrio, por que vocês têm uma área limitada. Vocês têm uma energia limitada, absolutamente limitada.

Suponhamos que vocês tenham um combustível limitado e encontram outro carro sem combustível nenhum. Se vocês colocarem [parte] do combustível no outro carro, talvez aquele carro vá até a metade do caminho e vocês também irão até a metade do caminho e o combustível irá acabar. Vocês entendem onde quero chegar? Então, os dois têm sua longevidade reduzida. Então, esta é a extração da energia que está em nós, que é limitada.

Conexão com a fonte de energia:
A Sahaja Yoga é algo bem diferente. Na Sahaja Yoga, sua Kundalini se eleva e conecta vocês ao poder que tudo permeia. Então, durante todo o tempo vocês estão recebendo energia, o poder vital está fluindo dentro de vocês. E [se] há carência deste poder, ele está o tempo todo fluindo, a graça.

Mas aqui (na acupuntura), quando vocês passam a energia de um centro para outro, não há uma compreensão apropriada do quanto dar, do quanto equilibrar. E não há necessidade de jeito nenhum. Uma vez que vocês são almas realizadas, supondo que alguém tenha um problema no estômago, vocês têm apenas que colocar sua mão no estômago e está resolvido. Esta é a maneira que vocês podem curar.

Vocês podem curar câncer, vocês podem curar qualquer coisa. Porque vocês se tornaram a fonte desta energia e sua energia não é limitada, vocês estão recebendo energia do poder que tudo permeia. Vocês estão conectados com isso, então, qualquer coisa que estejam fazendo, está simplesmente fluindo. Vocês apenas se tornam uma testemunha deste poder que está fluindo.

S.S.Shri Mataji Nirnala Devi, trecho do discurso sobre o Simpático e o Parassimpático, Londres, 24/4/1980