27 de janeiro de 2013

Os Desejos Básicos




Trechos do discurso proferido por ocasião do Puja de Shri Mahakali em Paris, França em 11 de julho de 1993

1)Alimento:
O primeiro e principal desejo nosso,  que é o mais primitivo,  é o de nos alimentar. Esse desejo nos é dado pela Deusa. É muito importante que nos alimentemos, suficientemente, para que possamos sobreviver na Terra. Quando esse tipo de desejo aumenta muito mais do que o normal, então tornamo-nos escravos dele e qualquer quantidade de alimento pode não nos satisfazer.

Esse desejo começa a agir a partir do ego de vocês, de modo a satisfazê-los. Aqueles que produzem ou fornecem alimentos em hotéis, ou em coisas desse tipo, sabem como satisfazer os desejos de seus clientes. Eles trazem os alimentos, mostram-nos, colocam-nos diante dos clientes, para que estes os aprovem e, em seguida, os servem. Eles sabem como enganar os seus clientes, e fazer com que eles se sintam bastante felizes. Assim, esse desejo fica completamente sob o controle de seus egos.


Quando se torna um desejo coletivo e uma expressão coletiva do ego, então vocês se tornam glutões sofisticados…

É claro que se o ego não estiver envolvido nisso, então as pessoas gostariam de agradar os outros oferecendo-lhes comida. Esse desejo sofre uma reação, e sob as bênçãos de Mahakali um novo desejo emerge, que é o de gostar de ver outras pessoas se alimentando. Vocês se sentem felizes quando outras pessoas comem o alimento preparado, servido e oferecido por vocês. Vocês querem apenas observar, dado que isso lhes dá satisfação. Vocês nunca ficarão satisfeitos se levarem a questão da comida aos seus extremos.

O ego das crianças e a comida:
Hoje em dia, no estilo de vida ocidental tornou-se muito importante perguntar às crianças todos os dias: o que desejam comer? Nos tempos antigos, a comida era feita para a família toda. Agora, vocês têm de perguntar às crianças: “que querem comer?” Então, as crianças respondem: “queremos isso”. Suponhamos que vocês não tenham na geladeira aquilo que as crianças querem. Nesse caso, vocês estarão em dificuldades. Como vocês agradarão uma dada criança em seu ego, se ela pretende ter uma determinada coisa?

Inflamos gradativamente o ego de nossos filhos. Deveríamos dizer para eles: essa comida foi feita, ela é boa e vocês devem ingeri-la. É obrigação dos pais impedir que as crianças tenham seus egos desenvolvidos pelo que elas querem. Vocês deveriam saber o que é que elas deveriam receber.

Sem austeridade:
Efetivamente, as bênçãos da Devi, em relação a isso, fazem com que vocês tenham o desejo de servir os outros. Vocês ficam preocupados com as pessoas que estão passando fome e querem descobrir por que motivo elas passam fome. Um outro extremo referente a isso poderia ser o de algumas pessoas que pensariam em não comer tanto, o que constituiria uma espécie de sacrifício sem sentido. Uma pessoa deve comer aquilo que tiver de comer, seja o que for. Não há nenhuma sabedoria nesse tipo de austeridade. Quando as pessoas praticam sacrifícios desse tipo, então começam a ter sofrimentos e perturbações e tornam-se extremamente ascéticas e temperamentais. Uma pessoa faminta é algo tão ruim quanto uma pessoa superalimentada. Penso que as pessoas que passam fome estão numa situação pior.

2)Amor:
O segundo desejo que acontece com vocês, é que todas as pessoas deveriam amá-los. Isso ocorre a vocês, porque vocês se consideram pessoas boas. Sabem que todos gostam da bondade. Por isso, as pessoas tentam ser boas e gentis com as outras. Ao agradar os outros, elas pensam que eles gostarão mais delas. No entanto, ao fazerem isso, elas ultrapassam os limites e, durante o tempo todo, tentam agradar os outros e acabam por se tornar completamente servis. Vocês se tornam tão artificiais de modo que os outros percebem que não há nada de natural em seu comportamento, percebendo também que vocês querem agradar custe o que custar. Se vocês agradarem os outros de forma desapegada, não esperando que algo seja feito em benefício de vocês, ou que algo seja conseguido através desse comportamento cavalheiresco, então essa forma de agradar será ótima e muito pura. Isso torná-los-á corretos e bons.

Suponhamos que tentem agradar os outros apenas para tirar proveito deles. Nesse caso, irão desenvolver uma hipocrisia do pior tipo e ficarão perdidos. Os outros farão chacota de vocês, rirão de vocês e nunca ficarão contentes com os seus agrados. Eles sabem que vocês estão sendo hipócritas e que vocês estão fazendo isso, no afã de conseguir vantagens deles ou para explorá-los. Vocês não estão fazendo isso, porque querem ser realmente bons ou gentis.Uma pessoa que é realmente boa, agrada os outros naturalmente, sem esforçar-se para agradar. Ela é desinteressada, a sua natureza e o seu temperamento são de tal forma que ela agrada os outros simplesmente por agradar.

3)Coisas materiais:
O terceiro desejo que as pessoas têm é o de possuir coisas materiais, o qual deu origem ao materialismo. Todavia, não existe fim para isso, dado que as pessoas não se sentem satisfeitas quando obtêm determinada coisa e não podem deleitar-se totalmente com as coisas que conseguem adquirir. Essa é uma falha humana que deu origem à economia. A economia foi criada porque as necessidades em geral não são saciáveis. Por isso, saltamos de uma coisa para outra, até nos tornar escravos dos empresários, de tal forma que perdemos a nossa individualidade completamente. As pessoas fazem isso porque elas não têm cérebros. Todavia, em relação aos Sahaja Yogis, o poder de Mahakali trabalha e Ela os ensina. Está bem, essa roupa serve para vocês, usem essa roupa, porque ela é melhor para vocês. De um vez por todas, os problemas de sua vida são resolvidos, ou seja, esse desejo de impressionar os outros com coisas exteriores como roupas, penteados e outros modismos fúteis.

Cessa também o senso de posse em relação aos filhos ou ao cônjuge, e em relação à matéria. Vocês começam a compreender que a alegria está em compartilhar e dividir as coisas. Vocês querem compartilhar tudo com os outros.