9 de julho de 2013

Amor e Sacrifício





7° Dia do Programa Público em Nova York, EUA, 30 de setembro de 1981


"Tudo o que Eu sou, Eu sou, e Eu sou o amor – Eu não posso evitar isso. Eu realmente não posso evitar isso. Eu sou compaixão. Um dia Eu Me senti muito revoltada, realmente. Uma vez Eu realmente Me senti muito desgostosa com o modo com que as pessoas são. 

Eu estava simplesmente dizendo assim: “Pare com isso!” E então repentinamente Eu olhei a Minha fotografia e vi Meus olhos, aí Eu disse: “Nirmala, Tu és compaixão, Tu és compaixão, Tu não podes evitar isso. Tu simplesmente não podes evitar isso. Eu tenho de fazer isso funcionar.” 

Eu sei o que isso significa, isso significa algumas vezes que é algo demasiado, demais para Mim, mas Eu tenho de fazer isso funcionar."