14 de novembro de 2013

Nascer do Espírito




Trecho do Discurso realizado no Puja de Páscoa no Templo de Todas as Fés, Londres, Reino Unido, 22 de abril de 1984.

"…e Ele disse isso tão claramente! Aqueles que não querem ver, podem permanecer cegos, mas Ele disse isso muito, muito claramente, que: “Tudo que nasceu da carne é carne, mas tudo que for nascido do Espírito é o Espírito.”

Acho que nada pode ser mais claro do que isso, que temos de nascer do Espírito. É claro que os seres humanos tem uma capacidade especial de distorcer tudo. Para eles o Espírito pode ser um livro, algumas palavras, uma organização, uma igreja ou algum tipo de coisa como aquela que eles fizeram. Mas seja o que for feito pelo homem não é o Espírito. Essa é a nítida declaração de Cristo, a qual as pessoas querem evitar e começam as suas próprias organizações, suas próprias ideias e criam uma coisa muito mítica em nome Dele.

E agora chegou a hora de acabar com isso. Isso continuou e continuou por milhares de anos, capturando tantas pessoas inocentes e as pessoas estão nisso. Mas quando vocês são ressuscitados e tornam-se almas realizadas, temos de entender que agora seu movimento é para dentro. Vocês estão se movendo na direção de suas raízes e não para fora.

.Assim, qualquer que tenha sido o esforço antes da realização, este tem de ser mudado. A direção tem de mudar. E na maioria das vezes nós perdemos esse ponto. É o que Eu estou tentando explicar para vocês hoje."