28 de dezembro de 2014

Os Granthis, os nós que impedem a ascensão da Kundalini


"Existem três Granthis, significam os nós: o Brahmagranthi, o Vishnugranthi e o Rudragranthi. Com Agni, significa fogo, quando o Brahmagranthi se encontra entre a Kundalini, Muladhara chakra e o Swadisthana - significa Muladhara chakra, Muladhara e Swadisthana chakra - então Agni Brahmagranti é estabelecido. Vishnugranthi quando se combina com o Surya (Sol), entre o Nabhi e o Ruddhaya (coração) chakra, Surya Vishnugranthi é estabelecido. Quando as auras do Vishuddhi e do Agnya se encontram, então Chandra Rudragranthi é estabelecido."
(1978-1014: Discurso em Hampstead, Londres).

"Eu vou usar o nome que foi usado por Shankaracharya. Porque, veja, ninguém é uma alma realizada e (ninguém é) de uma grande autoridade, mas temos que ter algumas pessoas como autoridades, então Shankaracharya o chamou Brahmagranthi... Brahmagranthi porque Brahma é a força vibrante, Brahma OHM que é a força vibratória porque são as vibrações, como eles chamam isso (essa manifestação) do Brahmagranthi... Agora, esse é o do superego, o primeiro que falei para vocês cria o superego, esse Granthi, o nó... Esse é o Brahmagranti. Esse nó existe. E esse nó, veja, primeiro ele começa no Muladhara. Ele começa de lá. O nó começa de lá, por si mesmo, o nó começa. Mas, como existe um nó, veja, quando você faz um nó, sempre existe um desatar, sempre. Você vem por uma escada e você sempre pode descer. Existe uma escada pela qual você não pode descer, mas somente subir? Da mesma forma, se você fez um nó ali, tem que haver uma forma de sair do nó, entende? Então, a saída do nó é realizada pela Sahaja Yoga; isso também é feito pelas vibrações. Significa que o primeiro, este nó tem que ser desfeito. Uma vez que esse nó é desfeito, somente então a Kundalini começa. Este é o primeiro nó, é muito mais importante. Então, este primeiro nó é muito forte entre os indianos e não é tão forte em vocês (ocidentais)."
(1978-1002: Knots on The Three channels, Public Program, Caxton Hall, London)

"Agora veja, sem vir para a Sahaja Yoga você não poderia entender todas essas coisa, não é? Porque não é conhecido de você que existem granthis dentro de nós, que existem centros dentro de nós, que esses centros tem que ser quebrados (abertos), então há granthis formados entre os centros - todo esse conhecimento é impossível. Se você não é realizado, de que serve falar sobre essas coisas com você? Porque você não pode vê-las. Mas, em uma pessoa você pode ver isso, que em certo ponto você encontra isso, é entre dois centros que a Kundalini pára, você vê? Existe o centro, digamos, do Manipura e Swadisthana. Entre os dois a Kundalini pára. Agora, o quê é isso? Esse é o granthi de Vishnu, então isso é o Vishnugranthi Vibhedini. SE você disser o mantra de "Vishnugranthi vibhedini", somente então a Kundalini irá subir. Mas, antes da realização, antes do movimento da Kundalini, o que é isso? Isso é somente discurso, não tem sentido de jeito nenhum."
(1982-0515: You Must Understand Your Own Importance, Brighton, England)

"Então, nós temos que ser historicamente muito gratos a Shri Krishna, porque Ele é Aquele que quebrou o primeiro nó e, por isso ele é chamado de Vishnu Granthi. E o conhecimento do Vishnu Granthi foi primeiramente aberto por Shri Krishna, e Ele queria que gradualmente isso trabalhasse, gradualmente."
(1990-0819: Shri Krishna Puja, Ipswich, England)

"Todos seus granthis e tudo mais, Eu estou quebrando. Você não tem que fazer nada, mas somente não crie seus próprios granthis, seus próprios nós. Se você não criar essas coisas, vai funcionar. Esta é uma preparação bem simples."
(1980-0517: Preparation for Becoming, Winchester, England)

Fonte: http://sahaj-az.blogspot.com.br/2012/10/the-granthis.html