13 de outubro de 2008

Diwali 1982

Aqui estamos, todos nós, para celebrar um festival de quatro dias chamado Diwali. Diwali vem da palavra dipali, em Sânscrito. A palavra deepa (diipa) significa “a luz” e ali significa “linha”, as “fileiras”. Agora, existem muitas coisas que aconteceram durante esses quatro dias e que são celebradas com um enorme entusiasmo. A primeira coisa é o dia do nascimento de Lakshmi, que é o décimo terceiro dia da lua, teras, assim eles chamam. É o dia em que realmente Lakshmi nasceu do mar; é por isso que Ela é chamada de Miriam ou Mariam. A palavra “Mari” ou “Maria” também vem da palavra “mar”, é criada a partir do mar. E a riqueza do mar, até agora, graças a Deus, os seres humanos ainda não exploraram. Mas, um dia eles podem começar a fazer isso também. E uma grande quantidade de riqueza ainda existe lá, então quando as pessoas começarem a se preocupar por estarem exaurindo a Mãe Terra, nós devemos saber que o mar é muito mais do que a terra é. Então, nada será exaurido, ainda existe tanta reserva para vocês e não se devem preocupar com o suprimento de riqueza que pode vir do mar.

Agora, essa Lakshmi é a Deusa, que fica sobre um lotus. Ela representa todo o bem-estar, a riqueza, a glória da riqueza, a decoração da riqueza, tudo que é auspicioso. Tudo o que não é auspicioso, não é riqueza. De acordo com a Sahaja Yoga ou de acordo com qualquer escritura, isso não é riqueza de forma alguma. Então Ela é a Senhora que fica sobre um lótus, mostrando que uma pessoa, que tenha riquezas, tem que ser alguém que não faz pressão sobre as pessoas, que não humilha as pessoas, que não as pressiona. E, então, Ela é a Senhora, Ela é a Mãe. Então, riqueza é a primeira abertura para nossa busca. Mas, quando você começa a buscar a riqueza, você entende que a riqueza superficial que você está buscando não é suficiente, não vai lhe dar o regozijo completo. Então você começa a buscar uma riqueza mais profunda. Como Eu disse “na Mãe Terra, vocês exploraram tudo o que é possível”. Ainda existe, nas profundezas dos oceanos, muita riqueza.

Então, a busca move-se em direção a uma busca mais profundoa. Então, a mesma Lakshmi se torna Mahalakshmi, Quando você começa a expandir a Si mesmo para valores mais altos e mais profundos, então essa Lakshmi não o seduz muito mais. Ela existe para sua glória e não para sua satisfação. A riqueza existe para ser distribuída. Você regozija de – não há palavra para dhan, Eu acho? Oh, “generosidade”, mas generosidade é diferente. Mas, o que estou dizendo é “afeto generoso”, é um afeto, veja, no qual você deve ser generoso. É uma imensa felicidade e alegria que você sente. É a maior, quando você é generoso, quando você doa. É um afeto, um tipo de expressão humana do ser de uma pessoa, que você quer ser generoso. E essa generosidade somente pode vir quando o princípio de Mahalakshmi nasce dentro de você.

S.S.Shri Mataji Nirmala Devi, excerto do Diwali Puja, Londres, 1982