6 de novembro de 2008

Atenção Global

Conselhos dados por S.S. Shri Mataji Nirmala Devi:

"Agora nossa atenção deve ser global. Se os Sahaja Yogis puserem sua atenção, vejam, (de forma) global - vocês não conhecem seus poderes, o quão importantes eles são. Apenas ponham sua atenção, por exemplo, na África do Sul, (na cidade de) Natal, onde eles estão tendo todos esses problemas de repressão. Isso irá ajudar, ajudará muito, vocês não sabem quanto. As coisas irão se acalmar porque, por meio de vocês, este poder difuso, Paramchaitanya, focará ele próprio lá (no problema). Vocês são os únicos que podem focar. Vocês deveriam ter sua atenção global lá, e deveriam ver, por vocês mesmos, problemas muito sérios. Eu estou fazendo por Mim mesma o quanto é possível. Para isso, vocês devem ler os jornais, mas não todo o (conteúdo) insensato do jornal, mas ver onde está o problema, o que está acontecendo. Apesar de estar em Sydney, vocês são responsáveis por todo o Mundo. Onde quer que vocês estiverem vocês são responsáveis por todo o Mundo."
(Conversa em um piquenique em Lane Cover River Park, próximo a Sydney, Austrália, 4 de maio de 1994)

"Mas é importante saberem que agora vocês não são indivíduos, mas se tornaram personalidades globais, personalidades globais. Vocês não são indivíduos, são personalidades globais sentadas aqui, estão lidando com problemas globais. Vocês não são pessoas limitadas agora, que estão preocupadas com os seus próprios filhos, com suas famílias, com isso e aquilo, não. Esta consciência de vocês foi expandida – expandiu-se ao ponto de trabalhar automaticamente em todos os problemas do Mundo. Vocês sabem, para as mulheres - Eu leio jornais - especialmente as mulheres raramente lêem jornais; elas acham que é uma estupidez ler jornais. Mas Eu leio e leio aqueles em que minha atenção é necessária. Eu tenho visto que isso funciona, mas se todos vocês puserem (atenção) juntos - se é que Me entendem - essa é a responsabilidade de vocês, corrigir todas as forças negativas, colocá-las no caminho certo, vocês têm apenas que meditar coletivamente sobre esses pontos em que vocês descobrirem que há um grande problema. Agora, o principal problema diz respeito às religiões". (Puja de Páscoa, Istambul, Turquia, 1994)