27 de junho de 2013

O Amor Interno


S.S. Shri Mataji Nirmala Devi, Puja do Guru em Cabella, Itália, em 4 de julho 2004

O Amor gera Amor:
Não é fácil descrever ou explicar o Amor em palavras humanas. Vocês podem apenas senti-lo dentro de Si mesmos. É aquilo através do que, quando vocês começam a sentir, podem saber quem é o seu Guru, por quem vocês pensam que estão sendo ensinados, persuadidos e induzidos a viver de uma determinada maneira. Tudo isso é possível. Tudo é possível, humanamente possível, mas amar e regozijar o Amor não é tão fácil, a menos e até que vocês estejam imersos nisso. É muito gratificante, é muito amável ver como as pessoas amam umas às outras e então esse Amor se espalha. O Amor gera Amor. Se alguém tem Amor, isso simplesmente se espalha. Vocês não precisam dizer a ninguém, não precisam confessá-lo, mas ele irá se espalhar. E isso é o que deve ser aprendido, como perceber esse Amor em outra pessoa.

Palavras não podem explicar:
De alguma forma, nós já estamos no Amor por causa do advento da Sahaja. Nós todos amamos e regozijamos o amor, demonstramos em nossos rostos que estamos no Amor, em nosso caráter, em nossas vidas, que estamos no Amor. Uma coisa, a qual não é muito comum, torna-se tão comum e tão facilmente disponível. É uma bênção muito grande que vocês sejam seres humanos e que essa fonte de Amor e esse sentimento de Amor existam. É uma situação muito intrincada, a qual não pode ser explicada em palavras, apenas pode-se estar nela e deleitar-se com ela.



Amor Sahaja é o Guru interior:
Hoje é o dia em que estamos celebrando o Puja do Guru. O maior guru que nós temos é o Amor. O Amor Sahaja é o Guru interior que nos ensina, que de uma forma ou outra nos guia. Somos guiados para esse grande patamar de compreensão, para o que não precisamos ir a nenhuma universidade, a nenhuma escola para nos instruirmos. É algo tão interior que funciona e expressa a si mesmo, expressa-se como uma luz. Podemos sempre distinguir pessoas assim porque elas são completamente iluminadas. Elas têm luz e através dessa luz elas veem um mundo inteiro que é muito inocente e simples para elas. Nós temos amor por nossos filhos naturalmente, temos amor por nossos pais naturalmente. Temos amor por algumas pessoas, mas esse amor é diferente do Amor de Deus que Eu estou lhes falando, que tem algumas conexões, alguns significados, mas este Amor não pode ser descrito em palavras, tem que ser sentido interiormente.

Da mesma maneira, quando vocês falam do seu Guru, vocês deveriam ter esse Amor dentro de vocês. Por que vocês sentem tanto isso? A razão é que o Guru os ama e vocês amam o Guru. Esta é a única razão pela qual vocês deveriam amar seu Guru. Agora, não há nenhuma razão para isso. Porque o Amor é Amor. É dessa maneira que o Guru se torna muito importante na vida. Nós temos pessoas que amam seu Guru e têm uma compreensão muito casta de seu Amor. Então esta é uma grande oportunidade de Amor que temos, nós estamos aqui para regozijarmos uns aos outros plenamente, com nossos corações, onde há esse oceano dentro de nós. Temos apenas que submergir nesse oceano. Se estivermos perdidos nesse oceano, então não teremos problemas, nenhuma pergunta. Tudo será nosso e nós podemos organizar tudo sem nenhuma discussão, sem nenhum questionamento. Isso é que é ser Sahaja. A maneira Sahaja, se vocês têm esse Amor, vocês regozijam. Vocês podem deleitar-se com si próprios e com todos os outros, porque isso é Sahaja.

Funciona automaticamente:
Vocês não têm que fazer nenhum esforço, não têm que tentar nada. Isso apenas existe e funciona. O sentimento do Amor não tem nenhuma maneira para se expressar. Ele apenas existe, ele não pode se expressar porque é algo sem expressão. É apenas para ser sentido dentro de vocês mesmos. Então vocês querem fazer tantas coisas: querem ajudar a todos, querem ajudar a si mesmos, querem fazer bem aos outros. Muito tem sido feito por grandes líderes mundiais porque eles tinham esse Amor. Eles não tinham nada mais do que esse Amor, o qual eles não conseguiam conter dentro de si mesmos e, portanto, tentaram divulgá-lo. E agora eles são chamados de nossos Gurus, nossos mestres. Com esse amor interior, que abordou as pessoas de uma maneira única. É aquilo que não podemos possuir, não podemos reivindicar, ele existe e funciona. Funciona automaticamente.

Crescer nele:
Isso é o que nós temos que saber agora, que nós somos esse Amor. Esse Amor dentro de nós. Nós temos que ter conhecimento, temos que ter um conhecimento completo de que nós somos esse Amor. Isso irá resolver nossos problemas, porque vocês podem explicar tudo, todo o seu comportamento, todas as suas falhas, - vocês podem explicar tudo quando vocês sabem que estão dotados desse Amor. Isso é o que o Guru é, o Amor interior que deseja dividir o Amor com os outros, deseja dar Amor aos outros. Isso é que é paz e alegria. Posso continuar a falar sobre o Amor, mas senti-lo dentro de si mesmo é a maior coisa. Como água: se vocês estão com sede, podemos lhes dar água, mas não podemos beber. Vocês têm que beber a água e têm que sentir o sabor, ter a sensação, o que ela faz, - e tudo isso é um conjunto, não é separado.

Não acho que esse assunto seja muito sutil para vocês. Todos vocês alcançaram uma certa dimensão de compreensão sobre esse Amor. Eu espero que ele cresça e vocês cresçam nele, todos vocês, e regozijem isso. Possa Deus abençoá-los!