26 de julho de 2009

Virata

Hoje nós decidimos ter um Puja do Virata na terra de Shri Krishna. Como vocês sabem, no crescimento da manifestação de Shri Vishnu, Ele vem em dez encarnações e finalmente Ele se manifesta como o Virata. Virata é o cérebro do ser que podemos chamar de Deus Todo Poderoso, assim todo o sistema nervoso central é trabalhado através de Shri Krishna como Vishnu, então por todas estas encarnações, por Shri Krishna e finalmente como o Virata. Este é o desenvolvimento do nosso cérebro, e quando nós estamos venerando o Virata, nós temos que saber que dentro de nós também temos a manifestação do poder do Virata. Podemos chamar esta manifestação que temos de Virata, se Shri Krishna é Mahavirata.

Vocês todos sabem do Virata muito mais do que posso dizer-lhes hoje por que é a totalidade, é a totalidade. É a totalidade de tudo, se isto é o Virata, então isto está no seu cérebro, mas a realidade está no seu coração. Assim a totalidade você pode ver, você pode testemunhar, a realidade é a sutileza por trás disto. Assim, o cérebro que não é governado pelo coração, que não é nutrido pelo coração, é uma coisa muito perigosa, porque cria extroversão, e tal pessoa que é sem nenhum coração tenta fazer coisas, se torna muito cruel e pode se tornar muito perigosa. Isto pode acontecer de outra forma dentro de nós; se nós permitirmos nosso coração nos governar, apenas viver com nossas emoções e não usar a nossa racionalidade, então nós podemos nos tornar realmente pessoas muito perigosas para nós mesmos. Neste sentido, nós nos tornamos letárgicos, nós nos tornamos indulgentes [permissivos] com todo tipo de coisa. E hoje o que se percebe é que na América há mais predominância do lado esquerdo do que do direito. O lado direito é a nossa atenção e o lado direito da atenção é o que podemos chamar do fígado de Deus todo Poderoso. Então, agora quando nós temos que falar da totalidade, quando nós somos parte e parcela da totalidade e agora nós estamos despertos para esta nossa existência como parte e parcela do todo, então nós temos que nos dar conta de nos tornar o todo, nós temos que fazer algo a respeito disto. Especialmente na terra de Shri Krishna nós temos que trabalhar nesta imensa tarefa de criar Viratas a partir de Sahaja Yoguis.
(S.S. Shri Mataji Nirmala Devi, Shri Virata Puja, Estados Unidos, 6/11/89)

Então hoje nós temos que venerar o Virata, Ele é nada além do que Akbar, que é o próprio Shri Krishna se tornando o Virata.
(Virata Puja, Melbourne, Austrália, 10/4/91)

Então isto é o que é hoje, esta é a situação: vocês já se tornaram parte e parcela do Virata. Vocês não viram o Virata (como Arjuna viu), mas vocês são parte integrante dele. Vocês não o estão vendo, vocês estão dentro dele. Então, se vocês não observarem a si mesmos, a única coisa será isso, vocês serão jogados para fora da Sahaja Yoga. Assim é melhor observarem a si mesmos e corrigirem a si mesmo e se tornarem um com o corpo do Virata.
(Shri Krishna Puja, Cabella, 1991)