14 de janeiro de 2011

Namastê é melhor

Namastê

Trecho da palestra "Cure esse Vishuddhi Esquerdo", proferida por ocasião do Raksha Bandhan, Inglaterra, 20/08/1988

Aperto de mãos, beijos e Namastê:
Então Eu penso que esse hábito de apertar as mãos é um hábito muito ruim, exceto, naturalmente, entre os Sahaja Yogis. Mas para os outros seria melhor fazer simplesmente namastê que é um método indiano muito bom, mas Eu penso que a melhor coisa é dizer namastê, porque apertar as mãos pode causar muitos problemas. Agora com todas essas doenças aparecendo, nós devemos ser muito cautelosos com o hábito de apertar mãos. Mas o pior hábito de todos que Eu julgo é quando você encontra alguém e você acha que tem de beijar aquela pessoa. Mas as pessoas lhe beijam o tempo todo. Eu sofri muitos choques ao ir nos lugares e ver que as pessoas tinham esse hábito de se beijar. Agora com o medo da aids talvez eles parem com essa insensatez. Não há nenhuma necessidade de fazer isso. Esse hábito não revela nenhum respeito pela outra pessoa. Quando você aperta as mãos de uma pessoa, isso não mostra nenhum respeito pela pessoa e tampouco quando você beija uma pessoa não mostra nenhum respeito pela pessoa. Mas se você diz namastê, isso significa "eu me inclino a você", mostra respeito. E uma coisa que nos temos de fazer é nos respeitar uns aos outros. Mas quando nós não nos respeitamos, nós nos sentimos culpados.

Obrigado e sinto muito:
Outra coisa é o hábito de dizer obrigado, quando você não diz obrigado você julga que cometeu um erro muito grave. A quantidade de vezes que dizemos obrigado é surpreendente. Mesmo quando nós vemos um estátua nós dizemos obrigado. Dizer demasiadas vezes obrigado acaba sendo um coisa só da boca para fora. Outro hábito é dizer perdão, sinto muito (sorry). Sinto muito, sinto muito, por quê? Esse “sinto muito” acaba indo para o Vishuddhi Esquerdo. Se você não entendeu o que a outra pessoa falou, talvez seja culpa do telefone ou culpa da outra pessoa, você não precisa dizer “sorry.” Portanto sem saber a razão pela qual dizem “sinto muito” ou “desculpe”, as pessoas ficam repetindo essas palavras o tempo todo. Isso se torna muito aborrecido. A pessoa pode se tornar extremamente aborrecida, a pessoa fica dizendo o tempo todo desculpe por isso, desculpe por aquilo, sinto muito por isso, sinto muito por aquilo, você acaba sentindo pena daquela pessoa. Devemos estar sempre numa atitude alegre, não importa se alguém não diz desculpe por alguma coisa. Mas algumas pessoas podem se sentir muito ofendidas se não lhe dizem obrigado. Isso é muito esquisito.