27 de outubro de 2011

O Sânscrito


"Todos estão acompanhando meu Hindi? Se Eu falar em Inglês, vocês todos acompanharão? Eu não Me oponho à língua inglesa, mas a linguagem do Atma é o Sânscrito. Eles nunca se preocuparam com o Espírito. Assim nós temos que usar alguma língua que fale sobre o Atma.


A língua inglesa não é adequada o bastante. Eles não têm aquelas experiências, pois até o momento eles não foram suficientemente profundos. Nós somos velhas pessoas muito antigas. Nossa cultura tem sido conhecer Deus. Tudo veio em Sânscrito, porque o Sânscrito é realmente uma Devavani (linguagem dos Deuses). Além disso, quando a Kundalini se movimenta, Ela produz vibrações. Ela faz sons especiais, os quais são sons Devnagari nos diferentes chacras. Se Eu tiver tempo, Eu lhes informarei tudo sobre isso.

Mesmo quando vocês recitam mantras pronunciando na língua sânscrita ou Devnagari , vocês podem excitá-los (os mantras) melhor. Tentem aprender, se não o Sânscrito, pelo menos Hindi, eis que ele sendo uma linguagem fonética, ele tem um som e esse som dá aquele efeito vibratório. Tentem aprender essa língua. O Hindi não é Minha língua materna. Minha língua materna é o Marathi. Eu falo Hindi porque afinal de contas Eu conheço a importância do Hindi. Eu também sei um pouquinho de Inglês. Assim é melhor saberem pelo menos Hindi. O que Eu quero dizer é que está tudo bem para Mim falar em Marathi . Eu conheço um pouquinho de Bengali. Vocês podem transmitir isso em Tamil ou Telugu ou em qualquer outra língua dessa Yoga Bhoomi. Este é um grandioso país da Yoga. Cada  partícula dessa Bhoomi (Terra), vocês ficarão surpresos, está vibrada".

Palestra de S.S. Shri Mataji Nirmala Devi sobre Sat-Chit-Anand, em Inglês, Nova Delhi, 15/02/1977, Nirmala Yoga n.2