1 de novembro de 2011

Causas, Efeitos e Entrega

Trecho do Discurso do Puja de Shri Jesus,Hounslow, Inglaterra, 23 de novembro de 1984
Assista parte desse discurso no vídeo em inglês no final desta postagem.

"Nós nos inclinamos Àquele que é o único filho de Sua Virgem Mãe. Em cada poro de Seu corpo, galáxias giram como poeira. Aquele que nasceu para nos ensinar sobre Seu Pai Sadashiva, o eterno Deus Todo-Poderoso". Amém.

Problemas Cotidianos:
Primeiro, nós estamos preocupados com nossas famílias, nossos filhos, nossos assuntos domésticos, depois, com nossos casamentos. Uma após a outra, todas essas questões surgem e nós ficamos preocupados com todas essas coisas, pequenas, pequenas coisas. Depois, nós também ficamos preocupados com os ashrams que estamos conduzindo: "Os problemas do ashram, o que temos feito, como estamos enfrentando os problemas, como as pessoas estão criando problemas."


É desse modo que nossa natureza humana começou a adquirir uma compreensão mais sutil. Qualquer problema é um efeito de algum tipo de causa, todo problema.

Causas e Efeitos:
Vamos supor que você tente neutralizar o efeito, você não consegue, porque a causa ainda está lá. Você tenta consertar a causa, isso não dá certo. Então o que fazer? Assim, a coisa mais fácil é transpor a causa, elevar-se acima dela, ir além da causa, desse modo a causa não existe para você, o efeito não existe para você. Enquanto a causa existir em sua atenção, o efeito estará lá. Então, o que ela fez?(Sobre uma emergência que uma Sahaja Yoguini teve durante uma viagem de carro) Ela apenas rezou para Mim, apenas pensou em Mim: "Mãe, agora esta é minha última chance", só isso. Então a causa desapareceu, porque você foi além dela. E o efeito também desapareceu e ela ficou perplexa.

Entrega :
Portanto, você tem que se elevar para longe da causa. Agora, um problema: "minha esposa é assim, meu marido é assim, minha família é assim, os Sahaja Yogis são assim." Existem todos os tipos de coisas. Isso é um efeito. Agora, qual é a causa? É tal e tal pessoa. Tudo bem. Agora, como devemos ter uma relação com a causa? Entregue-a. Você é..., você tem o direito de fazer isso. Você tem um talento especial para fazer isso, você pode fazê-lo. Você é capaz disso, você está autorizado a fazê-lo, mas você não o faz, você esquece. Você simplesmente esquece. Se você entregar essa causa, o efeitos vão embora. Mas isto é o que vocês têm que se lembrar neste momento: vocês têm que se elevar. Ir além da causa é a melhor maneira de livrar-se dela.

Então, Eu tenho brincado com vocês. Vocês tinham motivos para dizer: "Oh Mãe, este é o problema, eu não tenho emprego. Agora eu tenho um trabalho e o trabalho é duro." Depois, não tem esposa, então precisa ter uma esposa. A esposa tem um problema, então ela deve se divorciar, e isso e aquilo, e isso é aquilo. Depois: "Eu sou assim, eu sou muito mau porque há um bhoot em mim." Então o bhoot é a causa. "E eu estou me comportando assim, porque há um bhoot (espírito maléfico)em mim." Isso também é um bode expiatório, Eu acho.


Emergências, Apuros e Ascensão :
Então, primeiro vá além disso, dizendo: "O que é um bhoot? Quem é bhoot? Eu conheço a minha Mãe. E Mãe, cuida deste meu bhoot", só isso. Mas para isso, uma emergência tem que acontecer a você, senão você simplesmente não faz isso, com esse poder. Quando você está numa situação de emergência, então isso funciona mais rápido. Quando não é uma emergência, então é indiferente.

Houve outro caso em que um jornalista estava viajando de... ou algo assim e os freios pararam de funcionar. E ele estava com outro jornalista, então ambos estavam vindo – esse outro jornalista Me contou. O outro era Sahaja Yogi. Então ele percebeu que os freios não estavam funcionando e que seu carro estava indo em frente e havia um grande caminhão subindo e um outro caminhão vindo atrás. E não havia nenhum jeito dele retornar ou sair disso, e seus freios estavam péssimos. Essa era uma emergência.

Uma emergência tão grande se desenvolveu em sua mente: "Oh Deus! Agora chegou o momento final. Agora estamos mortos." Havia um caminhão vindo de lá e um outro caminhão, e em uma fração de segundo, ele estaria morto. E ele apenas disse ao seu amigo: "Pense na Mãe", só isso. E o que ele descobriu? Que ele estava agradavelmente se movendo lentamente na estrada e os caminhões foram deixadas para trás e o freio estava funcionando.

Mas, essa emergência tem que surgir. Os seres humanos são de tal maneira que a menos e até que eles sejam colocados em apuros, eles nunca fazem isso. Uma vez que estejam em apuros, então eles o fazem. Essa é a razão por que as pessoas tentam levar uma vida ascética, porque se você é um asceta, então você está em apuros. Eles vão para o Deserto de Gobi para criar essa emergência dentro de vocês, de modo que vocês pensem em Deus. Mas, é muito tarde para ir ao Deserto de Gobi. Eles criam problemas para eles entrarem em apuros, de modo que eles possam livrar-se disso. Mas os Sahaja Yogis, se eles forem sábios, eles não precisam ter isso.

A Importância da Meditação:
Mas, como nós alcançamos isso de outra forma, sem ficar em apuros? O único meio é a meditação. Todos têm que meditar, esse é o ponto. Se você não meditar, você pode prosseguir por algum tempo. Você pode ficar bem por algum tempo, por dois ou três meses, talvez por dois anos, mas depois, você se afasta. Muitas pessoas pensam: "Oh! Qual é a necessidade de meditar? Vejam, está tudo bem. Se nós não meditarmos, não importa", não é assim, porque somente em meditação, você cresce. Numa emergência, você subitamente cresce, sem dúvida.

Quero dizer, você salta como o boneco de uma caixa de surpresas. Você apenas se eleva como uma mola. Mas se você tem que ter um crescimento contínuo, então você deve meditar, deve permitir que pensamentos após pensamentos venham e, depois, permitir que eles se acalmem, porque você se eleva ao estado de consciência sem pensamentos. E nessa consciência sem pensamentos, você cresce. E você cresce em seu desapego à causa de todos os efeitos. Se não há nenhuma causa, não há nenhum efeito.

Mas este é o problema conosco: é que nós normalmente não meditamos. Somente quando se trata do último momento: "agora você terá que cair no poço", então nós pensamos nisso. Talvez naquele momento você seja ajudado, mas você não cresce. O crescimento só pode vir se você meditar. Esta é uma parte muito importante: é a ajuda completa às pessoas que meditam regularmente. Na vida normal, como nós crescemos? Se não tivermos nenhum oxigênio, nós não podemos crescer. Nós temos que ter oxigênio suficiente, nós temos que ter comida suficiente, nós temos que ter todas essas coisas. Mas na espiritualidade, você cresce por meio da meditação.

Crescimento Interior:
 Não há nenhuma outra saída. Aqueles que acham que podem crescer são presunçosos. Realmente pessoas presunçosas, porque elas podem falar muito sobre a Sahaja Yoga. Eu tenho visto pessoas que falam muito sobre a Sahaja Yoga. Elas podem dar grandes palestras, isso, aquilo, mas não têm nenhuma vibração, de forma alguma. Elas não podem fazer nenhum trabalho para a Sahaja Yoga. Elas não são coletivas, elas não têm nenhum senso de coletividade, todos os tipos de problemas.

Mas, o crescimento deve ser alcançado por meio da meditação. Essa é uma parte disso, isto é, podemos dizer, é a veneração, é o Puja. Então, você não tem que abandonar nada, você apenas se torna desapegado, desapegado da própria causa. Essa é uma parte disso. Em segundo lugar, é que isso, Eu diria, o levará ao lado mais sutil de suas ligações emocionais, porque a ligação emocional tem lhe dado uma certa identificação: você é um Cristão ou um Hindu ou um Muçulmano ou isso e aquilo ou um Britânico ou qualquer tipo de raça ou o que quer que você possa chamar. Todas essas coisas irão embora, porque você adquire uma personalidade desapegada.

Apegos:
Assim, estas ligações emocionais: "ele é meu irmão; ela é minha irmã; eu estou preocupado com minha esposa; eu estou preocupado com meu filho", todas essas ligações emocionais que o tornam uma personalidade menor irão embora. E você terá uma única ligação emocional, que é: "Eu estou crescendo em minha compaixão. A compaixão é ativa, a minha compaixão é efetiva. A minha compaixão está iluminada. A minha compaixão é esse discernimento. Eu sou um yogi."

Automaestria :
E em segundo lugar, você lê sobre a Sahaja Yoga, você sabe sobre a Sahaja Yoga, você conhece a técnica da Sahaja Yoga, você eleva a sua Kundalini, você limpa seus chakras, tenta entender os mantras. Você adquire maestria sobre seus mantras, você adquire maestria sobre suas divindades, você as agrada. Todas essas coisas, quando são feitas adequadamente, então as suas ligações mentais irão embora.

Conhecimento e Vazio:
Aqueles que acham que são grandes cientistas saberão que tudo isso não é ciência. A ciência da técnica de Deus é muito mais. Aqueles que acham que são letrados, que são versados, quando eles lerem sobre a Sahaja Yoga e a colocarem em prática e verem por si mesmos e nos outros, eles saberão que o quer que eles tenham lido é tudo estúpido, não tem nenhum sentido, é vazio. E é desse modo que um tipo de vazio surgirá, o vazio do ego, porque eles verão que esse conhecimento é muito grandioso.

Como Newton disse: "O conhecimento é como um oceano e eu sou como uma pequena criança coletando alguns seixos na praia." Que compreensão! Assim, esse vazio adentra em você e, então, o verdadeiro conhecimento começa a surgir em você. A identificação com o verdadeiro conhecimento surge. Você fala, quando você fala, essa fala tem um efeito, é um mantra. Você simplesmente não fala bobagens. "Oh! Eu sei sobre a Sahaja Yoga. Eu tenho estado na Sahaja Yoga por 15 anos", inútil. Você pode estar lá por cem anos, mas você pode permanecer um burro, como um burro, sem dúvida.

Mas, você pode estar lá por apenas um ano e transformar-se de um burro em um ser humano, e um yogi também. Mas isto é o que nós temos que ter antes de mais nada: recondicionar a nós mesmos, nos ligando emocionalmente à Mãe. Quero dizer, vocês tem uma vantagem sobre muitos outros yogis do mundo que vieram. Coitados, eles não tinham nada para aguardar ansiosamente.

Bandham é um Telefonema para a Mãe :
Eles sabiam de uma Mãe Primordial, sabiam sobre isso, mas eles não tinham nenhuma forma Dela. Vocês têm uma Forma. Vocês são muito afortunados e pessoas de sorte, vocês têm uma Forma. É mais fácil adorar uma Forma do que adorar algo abstrato no ar, entendem? Consciência absoluta. Como vocês adoram, quando vocês não podem ver isso?

Mas, essa ligação não significa, de forma alguma, que vocês tenham que Me dar alguma coisa. O que vocês Me dão? Nada além do desapego à causa. E isso funciona. Vocês têm visto em sua vida. Vocês também dizem: "Isto funciona, Mãe. De alguma forma, isso funcionou." O que é o bandhan? Não é nada além de você se ligar à sua Mãe. Você está simplesmente telefonando para Ela.

Isso é um telefonema à sua Mãe, só isso. Você sabem, Eu também brinco com vocês. Eu também digo: "Tudo bem, Eu estou lhe dando um bandhan." Eu estou dando um bandhan para Mim mesma. É um telefonema, apenas um telefonema. Mas a fé tem se desenvolvido agora: sim, esta é a verdadeira fé, onde você fica completamente desapegado às suas coisas emocionais. É simplesmente: "Minha mãe." Tudo bem, apenas dê um bandhan para ela, acabou-se. "Meu pai", dê um bandhan para ele. "Meu irmão", dê um bandhan para ele, seja o que for. Bandhan, seja o que for. Você está colocando isso nos vínculos de sua Mãe.
...

Trabalhando em Si Mesmo:
Assim, não há nenhuma necessidade de criar quaisquer emergências. Vocês devem vagarosa e firmemente realizar isso. E isso se construirá por si mesmo dentro de vocês. Vocês terão esse poder dentro de vocês, Eu lhes garanto. Mas a meditação é um caminho, o outro é o conhecimento da Sahaja Yoga. Não se exibindo, não falando para os outros, mas trabalhando isso em si mesmo. Os diferentes chakras, como eles funcionam, em você mesmo, não nos outros. Uma vez que você comece a ficar ensinando aos outros, isso é um bhoot em você. É melhor você aprender isso por si mesmo, dentro de você mesmo. Eu sei quem adquiriu maestria em qual chakra, em qual...

Sem Lições de Moral:
Ninguém diz aos outros: "Esta é a maneira de fazer isto", isso é um ego completamente insensato. Então essas coisas não devem ser feitas. Se alguém perguntar para você, você pode dizer individualmente, mas em larga escala, não dê lições de moral sobre isso e não confunda as pessoas.
Agora, então nós temos duas coisas: temos que superar os nossos aspectos grosseiros emocional e mental, o mesmo com o nosso aspecto grosseiro físico. O aspecto grosseiro físico pode ser superado se você se entregar a um único remédio: as vibrações.

"Deus-patia":
Por exemplo Anupama, Minha neta, disse para sua mãe: "Você nasceu na alopatia, depois você está seguindo a homeopatia. Amanhã, você descobrirá alguma 'confusão-patia', depois alguma 'absurdo-patia'! Mas eu nasci em Deus e eu sigo somente a 'Deus-patia', e Deus cuidará de mim e Deus irá me curar." Então Minha filha disse: "Por quê? Você também pode mudar."

Ela disse: "Por quê? Por que Deus nunca muda." Uma resposta simples: Deus irá curar você. Mas você deve ter uma ascensão assim para dizer isso, enquanto você salta para fora no momento da emergência. O mesmo tipo de ímpeto, esse mesmo tipo de personalidade deve estar dentro de você para dizer isso. Se você apenas disser: "Oh! Deus, por favor me salve", Deus não tem tempo para essas pessoas. Você não tem tempo para Deus, Deus não tem tempo para você também. Uma coisa simples.

Alcançando o Efeito:
Assim, quando nós vamos das coisas sublimes para as coisas mundanas, nós vivemos em ambas as coisas e somos efetivos. Quer nós estejamos na lâmpada ou na luz ou no óleo, nós estamos no ponto mais sutil, e nós... se nós provemos a efetividade sem ser a causa. Porque vocês estão além da causa, então não há necessidade de criar nenhuma causa para nada, mas vocês vêem o efeito. Assim, uma vez que a causa  se acaba, o efeito é alcançado. E é alcançado o que tem que ser alcançado, o que é correto. Você obtém a coisa correta.

Você não obtém a coisa perversa, mas se você pactua com a causa, então você pode ter a perversidade, você pode ter todos os tipos de problemas. Assim, a melhor coisa é desapegar-se das causas e então você obtém o efeito, como Eu lhes contei que o freio consertou. O efeito estava lá, o carro estava funcionando bem, tudo estava bem, então o efeito foi bom, mas a causa sumiu. Não havia nenhuma causa. Por quê? Como? Como a coisa estava perfeita? Se você perguntar o efeito disso, você diz: "Como você conseguiu isso?" Você não pode explicar, não daria certo. Então porque a causa desapareceu, você não pode atribuir isso a nenhuma causa. Você, algumas vezes, diz que é divino o modo como isso tem funcionado.

...

Como Somos?
Eu realmente tenho que fazer um apelo muito direto a vocês: agora, cresçam interiormente. Vocês são magnânimos? Vocês são generosos? Vocês são sistemáticos? Vocês causam boa impressão? Vocês são gentis? Vocês são coletivos? Vocês ainda estão apegados a todas essas coisas insensatas? Vocês contam vantagens? Vocês fazem grandes sermões? Tornem-se humildes e então vocês verão a sua grandeza. A menos e até que vocês abaixem sua cabeça em direção ao coração, como vocês verão a sua Mãe?
...

Cristãos de Verdade:
"Amem seus irmãos. Amem suas irmãs." Quem são seus irmãos e irmãs? Ele fez esta pergunta também: "Quem são Meus irmãos e irmãs? Os Sahaja Yogis são meus irmãos e irmãs.”

Alguém ofereceu no altar. Ele disse: "O que você é para oferecer no altar? Você se reconciliou com seu irmão?" Você reconciliou? Primeiro reconcilie-se e depois traga flores à Mãe.

Ele já disse isso. Pensem Nele. Como Ele era misericordioso, como era magnânimo, como era grandioso e como Ele pensou em Seu Pai o tempo todo, totalmente dedicado, fazendo o Seu trabalho. Assim, com todos os louvores a Cristo e à Sua Mãe, que trabalhou de uma maneira muito poderosa, sutil, nós temos que hoje dentro de nós mesmos despertar este grande Espírito, que é, na verdade, o Omkara. Até mesmo a lembrança, até mesmo a idéia disso dá tanta alegria. Permitam que a  vida Dele seja refletida em suas vidas. Vocês têm que ser verdadeiros Cristãos.

Nós nos inclinamos Àquele que é o único filho de Sua Virgem Mãe. Em cada poro de Seu corpo, galáxias giram como poeira. Aquele que nasceu para nos ensinar sobre Seu Pai Sadashiva, o eterno Deus Todo-Poderoso. Amém.


Christmas 1984 from Sahaja Library on Vimeo.