31 de maio de 2013

Fraternidade dos Bhoots



Trecho da palestra proferida no puja de Shri Buddha em San Diego, Estados Unidos, em 23 de julho de 1988


...mas de um modo muito sutil, vejo uma senhora que está bloqueada ou que tem badha, que irá "rastejar" para uma outra (possuída), de alguma forma. Ela pode pertencer a qualquer país, não importa. Vejam, uma mulher possuída (com bhoots) que venha da Índia irá "rastejar" na direção de outra vinda da Austrália. Para frente, marche! Simplesmente comece a observar: "Para onde ela foi?" Oh Deus, é isso! Assim, os bhoots são muito coletivos, a grande fraternidade, grande fraternidade. Se eles veem alguém que está possuído, essa pessoa com bhoots irá até ele imediatamente. É muito surpreendente que os bhoots sejam tão coletivos.


Além disso, eles Me conhecem muito bem. Eles entendem-Me muito bem. Até mesmo uma pequena criança, se estiver bloqueada, irá começar a chorar na Minha frente, tremer, não vir até Mim. Mas quando elas são realizadas, não entendem e além disso não entendem um princípio simples de que "nós agora estamos arrebatados pelo nosso próprio espírito e somos unos". Assim, eles devem ficar mais com a pessoa que é uma personalidade espiritual evoluída.

Mas, em vez disso, para eles alguns "de terceira classe" são muito mais importantes do que uma pessoa que é muito desenvolvida. Aí é onde nós falhamos em nosso coletivo. É um método muito sutil dessas pessoas negativas. Simplesmente descobrindo como formar um grande e formidável grupo para atacar. Com isso vocês perdem suas vibrações.

Uma vez que vocês percam suas vibrações, então dirão: "Oh, isso é demais. Nós devemos ter compaixão. Nós devemos ter amor. Afinal nós somos Sahaja Yogis." Assim é a compaixão e amor dos bhoots entre si mesmos. Eles estão falando de compaixão entre eles. Mesmo Comigo eles dizem: "Mãe, Você tem de ser gentil." Eu disse: "Você é mais compassivo do que Eu, por isso está Me ensinando?"

Se Eu estou dizendo alguma coisa para essa senhora, tomando todo o Meu fôlego e toda a Minha energia para com ela, então estou fazendo isso para a benevolência dela e é a Minha compaixão que trabalha, mas o que você está fazendo não é para benevolência mas para a destruição daquela pessoa. Assim, é inútil apoiar uma pessoa que é negativa.

Muitas pessoas negativas a quem foi pedido para sair da Sahaja Yoga, algumas vezes inventam esse problema ao vir: "Oh, Mãe, sabe, Eu sou tão boa, mas eles me torturaram, me perturbaram tanto." Agora, Eu estou vendo um bhoot na pessoa. Eu posso ver claramente. Eu posso ver a negatividade, mas se vocês não veem, irão começar imediatamente a tomar partido, "Oh Deus, vejam isso, o(a) coitado(a) é torturado(a)." 

Vocês perdem suas vibrações e não serão capazes de achá-las!