3 de julho de 2013

O Guru vive além das Gunas


Puja de Shri Guru, Cabella, Itália, em 20 de julho de 1997

"...Assim a primeira coisa é que Ele(o Guru) está além do tempo, "Kalatita". Depois Ele é também "Gunatita". "Gunatita" significa que Ele não pertence ao lado esquerdo ou ao lado direito ou ao centro. Ele está além desses três, além dessas três gunas, onde fica e vê tudo na luz divina. Tudo.

Se alguma coisa boa acontece a Ele, Ele diz, "A luz divina fez isto". Se algo ruim acontece a Ele, Ele diz, "A luz divina quis dessa forma".
Ele deixa tudo para a luz divina. Ele está além das gunas.


Por exemplo, suponhamos que há uma pessoa que está no lado direito, egoística. Então ela comecará a dizer, "Ah, como assim? Eu quis isto, isto não deu certo, mas como?" Ela contesta. Outra começará a chorar, a do lado esquerdo, assim, "Eu estou muito triste que isso tenha acontecido a mim. Isso não deveria ter acontecido". Ou no centro também, ela pode pensar que, "Oh, como estão minhas vibrações? Como eu não pude saber? E tudo aquilo."

Mas uma pessoa que é um guru autêntico, olha para isso como um drama, como apenas uma testemunha do drama. Isso aconteceu, era para acontecer, de modo que aconteceu. Agora o que podemos extrair disso? Vejam, nós obtivemos alguma coisa: a lição de que isso não estava certo, ou estava errado. Isso é tudo.

Naquele momento não fique remoendo em sua cabeça. Isso é tudo que alguém aprende. E Ele não fica aborrecido com mais nada. Assim Ele vai além de Suas gunas. Ele vive além das Gunas."