15 de agosto de 2013

Shri Chakra


Brahmapuri, 1990
“Eu não sei se vocês sabem algum mantra de Shri Chakra, mas Eu lhes darei um livro. Mais tarde Eu o traduzirei para vocês e poderão compor algo para Shri Chakra.”



Puja de Aniversário de 54 anos, Mumbai, Índia, 21 de março de 1977.
“Existem muitas coisas que estão acontecendo dentro de vocês. Há mudanças cósmicas ocorrendo hoje dentro de vocês. Eu sei que isso está acontecendo. O próprio Shri Chakra desceu a esta Terra e a Satya Yuga já começou. Esta é a razão pela qual vocês estão sentindo estas vibrações em seus dedos e nenhum desses Gurus e Rishis e todas essas pessoas mencionaram estas coisas.


Porque isto é possível 
somente quando o Shri Chakra é trazido para baixo (para a Terra). Ele está aqui. Vocês têm de sentir isto e entender. É para todos vocês aceitarem com o coração aberto. Eu nada quero de vocês. O que vocês podem Me dar? Eu nada quero, exceto que Meus filhos sejam felizes. Eu rezo pela felicidade deles. Eu vivo para eles e o tempo todo, mesmo quando estou dormindo ou acordada ou num estado intermediário, o que eles chamam de ‘sabhranta’(?), Eu estou somente com vocês. Vocês estão em Meus pensamentos em todos os momentos.”


Shri Mataji Nirmala Devi, Puja do Sahasrara, Ashram de Dollis Hill, Londres, Reino Unido, 5 de maio de 1980

“Assim, Eu tive de ver o que os fazem efetuar isso ou aquilo – um tipo de ciência do comportamento humano que tive de estudar por anos, e então como vocês começaram a se abrir ou podemos dizer, se desembaraçar, ou desatar os nós de um feixe, vocês alcançaram um ponto onde todos os nós estavam abertos e ainda um nó permaneceu, que precisava ser desfeito. E isso foi feito em 5 de maio de 1970.

E uma vez que isso foi feito, o fenômeno coletivo começou a funcionar. E o mais grandioso fenômeno coletivo foi o Shri Chakra, ao estar nesta Terra, pôde ser sentido através de seus dedos. Isto 
nunca foi sentido antes. Ninguém nunca sentiu os dedos iluminados antes. Ninguém sentiu as vibrações nos dedos assim, mas eles sentiram isso dentro de si mesmos, por causa da subida da Kundalini e tudo mais e o modo que desenvolveram a si mesmos interiormente. Eles estavam mais preocupados com um indivíduo. Eles desenvolveram o ser interior deles muito mais do que o ser coletivo deles. Mas agora, por causa da abertura do Sahasrara do universo, todos começaram a sentir as vibrações ao redor com suas próprias mãos. Isso significa que os próprios chakras estavam sentindo  – agora os dedos, que se manifestam a partir do poder de um chakra em particular ou de chakras, podem sentir as vibrações.

Isso significa que a sensibilidade do divino, a qual estava nos chakras, espalhou-se para as periferias em tal extensão, que o ser humano podia senti-la nos dedos. Isso foi fantástico. Assim o Meu trabalho era de trazer do centro para a periferia. Enquanto Eu movia isso, quaisquer obstáculos que encontrei, tive de removê-los um após o outro e então, uma vez tirados os obstáculos, toda a rede estava apropriadamente concluída, para então gerar a energia através desse acontecimento do Dia do Sahasrara. Assim, vocês podem imaginar como é importante este dia.”


Palestra de Puja de Mahalakshmi, Kohlapur, Índia, dezembro de 1990
…É algo notável como este Shri Chakra está aqui e como eles fizeram o cálculo completo de Shri Chakra. Nós temos Shri Chakra no lado direito. No lado esquerdo nós temos o Chakra Lalita. Assim, todas as coisas que fazemos com as mãos após a realização, são operadas pelo Shri Chakra no lado direito, e no lado esquerdo com o Chakra Lalita. Agora, como isso funciona é uma coisa muito complicada, mas nós não temos de nos preocupar com isso.

Assim que vocês colocam a sua mão em alguém, o chakra sabe como funcionar. Ele trabalha por si mesmo, como se fosse um mecanismo construído dentro de nós que sabe que tipo de vibrações deve ser dado para uma certa pessoa, para uma certa causa, ou um propósito particular.


Se aquela pessoa tem certos defeitos também, estes chakras sabem o que deve ser emitido, como fazer isso dar certo. Não é que, quando nós temos o despertar da Kundalini, apenas estes (sete) chakras são despertados. Nós temos também estes dois chakras (Shri Chakra e Shri Lalita Chakra) despertados dentro de nós por causa da Kundalini. Se vocês têm problemas de Vishuddhi, podem verificar que suas mãos estão rígidas e não podem sentir...a orientação ou as intenções divinas de realização, porque quando vocês começam a usar as suas mãos, não sentem nenhuma vibração. Assim, como vão saber o que está acontecendo? 


É uma coisa muito complicada e para essa coisa complicada, os humanos já estão prontos.
Eles estão bem equipados com todo o conhecimento que é necessário como um feedback...ou podemos dizer que existe uma completa programação. Tão logo vocês coloquem as suas mãos numa pessoa, a programação começa a funcionar. A programação é feita por Deus Todo-Poderoso, nunca pode estar errada. Não pode existir duas coisas diferentes no que diz respeito a Sahaja Yoga...”



Puja de Shri Krishna, Cabella Ligúria, Itália, 16 de agosto de 1992
“Assim, o seu período de provas está aí. Vocês têm de testar a si mesmos. Como Mohammed-Sahib disse que “Suas mãos falarão e elas testemunharão contra você.”. Assim nas suas mãos vocês saberão. Agora, estas mãos são as bênçãos de Shri Krishna. Elas saem do mesmo Vishudhi Chakra e como sabem, os nervos pélvicos as servem em tudo isso. E há dois chakras, um Lalita e o Shri Chakra, todos em ambos os lados. Eles também fazem o jogo de Shri Krishna. Com estas mãos, podemos sentir as vibrações. Agora, se o seu Vishuddhi direito está muito forte, vocês podem não sentir,
 se o seu Vishuddhi esquerdo está muito forte, vocês podem não sentir, mas isso não significa que vocês não receberam a realização. Vocês receberam. Apenas pratiquem com as suas mãos.