23 de outubro de 2013

O Diwali




Trecho da Palestra do Puja do Diwali em 9 de novembro de 1980 em Hampstead , Londres, Reino Unido

Assim sendo, o símbolo do Diwali é muito grandioso para a Sahaja Yoga. Em primeiro lugar, vocês precisam saber que há quatro dias que são celebrados no Diwali, mas, no Estado de Maharashtra (Índia), adicionou-se mais um dia de celebração.

1. dia : Gruhalakshmi - Vida em família: (2013 em 1. novembro)

O primeiro dia é chamado de Dhantrayodashi, que é o 13o dia da Lua, porque nesse dia Lakshmi nasceu. Isso significa que Ela nasceu como Gruha Lakshmi, como uma esposa ou dona de casa. Ademais, existem 8 Lakshmis, a respeito das quais lhes falarei posteriormente. Lakshmi nasceu como Gruha Lakshmi, isso significa que a consciência dos seres humanos, no processo evolutivo, teve início com o estabelecimento da vida em família. 


Quando os seres humanos eram nômades, a sua consciência era como a dos animais, apesar de terem a forma humana. Quando eles estabeleceram as suas famílias, então Gruha Lakshmi começou a atuar e por isso o primeiro advento de Gruha Lakshmi foi percebido. Ela é a primeira Lakshmi que nasceu e é por isso que, no 13o dia é o dia da Gruha Lakshmi, da esposa, da dona de casa. 


Nesse dia, o marido deve ir a um estabelecimento comercial e comprar algum utensílio para a casa ou algo que a esposa use para cozinhar. Na Índia, nesse dia, todas as pessoas compram um jarro ou um sári ou alguma outra coisa para a dona da casa, isto é, Gruha Lakshmi. Assim, esse é o dia da dona da casa. Portanto, a fim de se alcançar Lakshmi deve-se compreender que a maternidade é muito importante. A maternidade como uma Gruha Lakshmi é muito relevante.

2. dia: Portas do Inferno
O segundo dia é mais importante, dado que Narakasura foi morto. Como vocês sabem, Narakasura era horrível. Na verdade, nesse dia, muitos rakshasas foram exterminados e esse tornou-se um dia marcado para aniquilar rakshasas. Depois eles foram enviados para o inferno. Isto é no 14o dia, eles foram colocados no inferno. Por isso, esse dia é chamado de Narak Chaturdashi. Esse é o dia em que se abrem as portas do inferno. Nesse dia, os Sahaja Yogis devem dormir durante a noite toda, pois nesse 14o dia realizam-se todos os tipos de magia negra (tantrikavidya).

3. dia: Retorno de Shri Rama e Nascimento de Shri Jesus Cristo
O 15o dia tem a noite mais escura do ano, dado que nela não existe Lua. Esse é o dia em que se celebra o Diwali. Simbolicamente, também, na Índia, celebra-se o retorno de Shri Rama ao seu reino e a sua coroação nesse 15o dia. Assim, o significado do Diwali é expresso dessa maneira, pois nesse dia Narakasura e todos os rakshasas já foram exterminados e enviados ao inferno. Por isso, as pessoas podem manifestar a sua alegria, pois foram todas salvas. Nesse dia, Cristo nasceu às 2 horas da madrugada e é por isso também que as lâmpadas são acesas durante a noite.



4.dia: Ano Novo do calendário Shalivahana
O dia seguinte (no dia da Lua nova propriamente dito) é celebrado apenas no Estado de Maharashtra. Trata-se do primeiro dia da Lua nova, no qual os Shalivahanas, Meus antepassados, começaram um novo calendário e, por isso, comemora-se o primeiro dia de um Ano Novo. Esse é o dia do Ano Novo em algumas regiões da Índia. Esse período é muito rico de simbolismo, dado que Cristo nasceu e, em seguida, celebra-se o Ano Novo. Os Meus antepassados, os Shalivahanas, deram início à uma dinastia que reinou durante muito tempo. Os Puranas narram que eles deram guarida a Shri Krishna. Assim para nós esse é o dia do Ano Novo. Dado que Eu faço parte dessa dinastia, os Sahaja Yogis deveriam adotar esse dia como a data do Ano Novo. Todavia, não posso forçá-los a fazer isso, sendo que vocês o farão se lhes aprouver.

5.dia: Lua - "Irmão" de todas as Deusas:
O segundo dia também é muito importante porque comemoramos o segundo dia da Lua que desponta do mar. De acordo com uma outra versão da mitologia, Shri Lakshmi nasceu do mar e, simultaneamente, com Ela emergiu a Lua, que era uma Lua de apenas dois dias. Essa Lua que tinha dois dias de idade é considerado o “irmão” de Lakshmi, porque ambos nasceram do mar, ao mesmo tempo.
 [A Lua, em muitas línguas orientais, é considerada como do gênero masculino].

A Lua é “irmão” de Lakshmi e tudo isso é muito cheio de simbolismos. O lado esquerdo pertence à Mahakali e um irmão (nesse caso, a Lua) tem de estar no lado esquerdo. Realmente, vocês ficarão admirados com o fato de que ele (a Lua) é “irmão” de Lakshmi e não o “irmão” de Mahakali. Dado que a Lua é “irmão” de Lakshmi, a Lua é aceita como “irmão” de todas as Deusas. Se a Lua é o único “irmão” das Deusas, então a Lua é “tio” de vocês. A Lua é “tio” de vocês do lado materno. Isso é muito interessante, pois vocês têm direitos especiais em relação ao seu tio materno, ao qual vocês podem sempre pedir ajuda.