29 de março de 2014

A consciência sem pensamentos e a refletividade


Trecho do Puja do Navaratri em Cabella, Itália, em 1. de outubro de 1995.
Nota: a postagem anterior Projeção e Reflexão foi extraída do mesmo discurso, porém este trecho corresponde ao video do Youtube 

Consciência sem pensamentos:
Uma vez que tenham atingido o estado de 'consciência sem pensamentos', nenhum pensamento bombardeará a sua mente, seja onde for que estiverem. Seja nos Estados Unidos ou em qualquer outro lugar, vocês não são bombardeados por pensamentos. O que é que isso significa? Numa linguagem muito simples, pode-se dizer que significa que vocês não mais refletem (reagem). Vocês não têm mais uma mente reflexiva (ou reativa). Esse é o problema básico dos Sahaja Yogis de hoje, algo que devem tentar conquistar, ou seja, vocês não devem reagir à coisa alguma.

A mente reflexiva (reativa) é perigosa para a espiritualidade:
Por exemplo, tenho visto pessoas que, sem motivo algum, começam a rir e quando vêem alguém, reagem imediatamente. Elas começam a emitir a sua opinião a respeito de tudo, especialmente no ocidente. Todos parecem ser muito eruditos e começam a dizer o que é melhor, o que não é melhor, o que não é bom, e começam a dizer coisas assim, sendo que a sua mente se torna reflexiva. Se a mente não for reativa ou reflexiva, então vocês estarão no estado de consciência sem pensamentos. Basta que observem qualquer coisa, apenas observem e apenas testemunhem. Vocês não devem refletir as coisas. Se estiverem usando o seu poder mental, então esse poder se reduz. Esse é um defeito muito comum nas pessoas, porque acho que vocês são mais inteligentes e bem-educados. Não sei o que pensam. Todavia, uma mente reflexiva é uma coisa muito perigosa para a espiritualidade, pois vocês nunca crescerão.
Apenas observem:
Tendo uma mente reativa ou reflexiva, vocês experimentam diversas emoções. Com certas coisas vocês se refletem nos outros. No entanto, se se tratar de seu filho ou filha, então vocês se identificam com eles. A identificação com algo é artificial. Não é a realidade. Todavia, porque essa mente reflete, ela se identifica com as coisas. Vocês abandonaram muitas identificações. Por exemplo, as suas idéias acerca de religião, raça, nacionalidade, vocês abandonaram. No entanto, a mente reflexiva ainda atua. Esse é o maior obstáculo para o progresso dos Sahaja Yogis de hoje em dia. Estive pensando por que razão essa mente reflexiva é tão ativa nos Sahaja Yogis de hoje. Se pudessem parar de refletir sobre as coisas, vocês se estabeleceriam imediatamente num oceano de paz. Observem qualquer coisa, apenas observem. Não há nenhuma onda de pensamento em sua mente. 


Então, vocês se tornam extremamente criativos, dinâmicos, extremamente compassivos, e não têm medo. Algumas pessoas acham que se tornarem compassivas, alguém pode querer explorá-las ou enganá-las. Não tenham medo. Todas as virtudes com as quais devem alegrar-se, somente poderão ser usufruídas caso vocês não 'reflitam'. Isso significa que vocês colocam tudo nas mãos do Divino. Vocês não estão encarregados de resolver as coisas. Vocês não acham que precisam refletir sobre alguma coisa ou de reagir. Esse é o maior poder que vocês podem obter: o de não refletir, o de olhar para alguém sem refletir e sem reagir. Tenho visto, que isso ainda persiste. Nunca lhes falei a respeito disso. Uma das razões talvez seja uma falha de vocês ou pode ser que seja uma falha Minha. Mas pude descobrir exatamente o que estava errado: é a reflexão que vocês fazem a respeito das outras pessoas.

A introspecção pode envolver uma reflexão:

Eu lhes disse para fazerem introspecções. A introspecção pode envolver também uma reflexão. Mas, pelo menos, ela lhes dá uma idéia de onde vocês estão. Com isso, no entanto, psicologicamente, vocês podem tornar-se extremamente deprimidos, podem condenar a si mesmos. Então podem ver a si mesmos como uma personalidade que está perdendo as vibrações, perdendo o poder. Isso porque, não têm controle de si mesmos. Assim sendo, se a introspecção provocar depressão ou depreciação de sua personalidade, é melhor não fazer nenhuma introspecção. Tenho constatado que todas essas atividades mentais criam problemas.

Em paz:

Quando vocês alcançam o estado de consciência sem pensamentos, a introspecção vem-lhes automaticamente. Vocês a vêem e a compreendem automaticamente. Vocês nem pensam nela, ela apenas lhes vem. O quadro todo se configura diante de vocês e ficam em paz com vocês mesmos. Vocês nunca estão perturbados, preocupados, então não ficam com raiva, não brigam, não discutem, mas se transformam numa gota do oceano de consciência. Ademais, não precisam preocupar-se de que maneira resolverão os problemas. Quando vocês refletem, então descobrem que esse poder funciona.

Quando refletimos, absorvemos:
Torna-se muito contraditório dizer que vocês devem projetar, mas não devem refletir (ou reagir). Quando refletimos, nós absorvemos. Quando refletimos sobre alguma coisa, absorvemos essa coisa. A maior parte da atividade de nossa atenção se concentra nos defeitos dos outros. Tal pessoa não é boa, fulano não é bom, o cabelo de alguém não está bem, o sari da outra não é bom, isso ou aquilo, uma total insensatez. O que é que estão fazendo? Nós estamos absorvendo as coisas ruins também. Quando começam a admirar algo, então o que ocorre é que vocês não absorvem mais as coisas ruins, e, pelo menos, ficam numa linha melhor. A admiração no estado de 'consciência sem pensamentos' é realmente muito profunda. Vi isso nos olhos daquele grande cientista, porque ele estava absolutamente unificado a Mim, e seus olhos eram como um oceano de paz. Ele estava apenas olhando para Mim por algum tempo, depois voltou aos seus pensamentos e disse-Me coisas a respeito de Minha fotografia.

Profundidade:

Assim, a profundidade somente virá a vocês, caso não reflitam. No entanto, isso é algo muito comum nos seres humanos, especialmente no ocidente: esse tapete não é bom, aquilo não está bem, esse cheiro está vindo, isso ou aquilo. Estão sempre tentando julgar os outros, atividade essa que não é importante. O que é tão importante? Se estão sentados no Jardim Celestial, o que é que importa onde vocês se sentam, ou o que fazem?

Suportar uma porção de besteiras:

Essa reflexão manifesta-se por ondas de pensamentos em nossa mente. Eu já a descrevi através de um desenho, como a energia que cai no lado direito vai para o lado esquerdo e cai nele, vai para o lado direito, ocorrendo um cruzamento. Então depois que essa energia que vai para o direito, essa energia que vai para o esquerdo, ela é sugada em parte pelo sistema nervoso simpático. Seja o que for que é deixado é aquilo que reflete. É por isso que continua a refletir. Todavia, se vocês puderem canalizar toda essa energia para o seu sistema simpático, então todas as suas energias serão milhares de vezes maiores. Não ficaremos cansados e nem infelizes. Seremos capazes de suportar uma porção de besteiras. No entanto, não chamaremos essas coisas de besteiras, nem pensaremos que elas são coisas ruins, e portanto elas não terão nenhum efeito sobre nós. Essa qualidade nós precisamos desenvolver.